Maranhão lidera ranking nacional de formação de servidores públicos

    Um levantamento divulgado pela Rede Mais Brasil, com dados do Ministério da Economia, coloca o Maranhão como o estado da federação que mais capacitou servidores públicos por meio da plataforma. Os dados são referentes aos anos de 2016-2019 e demonstram a consolidação do Maranhão na dianteira desse processo de qualificação do servidor e são frutos de uma política continuada, que reflete no crescimento dos índices do governo maranhense ao longo desses anos.

    Para a subsecretária de relações institucionais com o Distrito Federal, Fabiane Guimarães, a oferta desses cursos tem como objetivo de ajudar os municípios na prestação de contas e também na captação de recursos junto ao governo federal. “Muitos desses municípios contam com administrações novas. Queremos ajudar a melhorar as administrações, pois todo o conhecimento será revertido em melhorias para os municípios, sem contar que os servidores poderão contribuir por muitos e muitos anos com suas cidades” declarou Fabiane.

    No período levantado, o Maranhão qualificou 1004 servidores, 222 a mais que o segundo colocado, Amapá. Vale ressaltar que os dados de 2020 e 2021 ainda estão sendo processados e apresentam queda devido à pandemia de Covid-19.

    O processo de qualificação teve um salto este ano, após a secretaria estadual de articulação política – Secap ampliar a oferta por meio da plataforma ProMunicípios. Agora os servidores das prefeituras dos 217 municípios maranhenses também têm acesso às dezenas de cursos que até então eram oferecidos apenas para servidores estaduais. “Nossa ideia dar essa oportunidade também para os servidores municipais e aperfeiçoar a prestação de serviços. Eles terão a oportunidade de tirar dúvidas com membros dos principais órgãos fiscalizadores do estado, além de poder acompanhar o que há de mais novo na legislação pública” declarou Rubens Jr.

    Após o lançamento da plataforma do ProMunicípios, em Junho, a Secap já qualificou mais de 500 servidores municipais, número que deve aumentar ainda mais nos próximos meses. Até agora, a secretaria de articulação já celebrou Termo de Cooperação Técnica com o Tribunal de Contas do Maranhão – TCE, Tribunal de Contas da União – TCU, Escola Superior de Magistratura – Esmam, Escola de Governo do Maranhão – Egma, Enap, Federação dos Municípios do Estado do Maranhão – Famem, Plataforma Mais Brasil e Instituto de Arquitetos do Brasil – IAB/MA.