Exposição sobre as belezas da Baixada Maranhense no Museu histórico e Artístico

[rrssb buttons="whatsapp, facebook, linkedin, twitter, gplus, email"]
Estão sendo expostas 26 fotografias e seis delas são totalmente inéditas. Foto: Divulgação

Estão sendo expostas 26 fotografias e seis delas são totalmente inéditas. Foto: Divulgação

Como forma de representar as belezas da baixada maranhense por novas perspectivas, a Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Galeria Andreas Hornung Art In Rio, promovem a exposição Sui Generis: Exposição em Movimento na galeria do Museu Histórico e Artístico do Maranhão, localizado na Rua do Sol, em São Luís.

Estão sendo expostas 26 fotografias e seis delas são totalmente inéditas. As fotografias são do artista alemão, Andreas Hornung, que viajou por alguns povoados do Maranhão onde retratou em um olhar diferenciado a simplicidade da beleza maranhense através das lentes de sua câmera.

A exposição foi iniciada na manhã desta sexta-feira (18) e dará seguimento até o dia 31 de outubro. O objetivo é chamar a atenção para as belezas naturais do Maranhão com foco especial às pessoas de diversos povoados do estado. Sui Generis: Exposição em Movimento já passou por outros estados brasileiros como o Rio de Janeiro no decorrer do ano.

As imagens registradas por Andreas são as representações da beleza e da poesia de um local onde a natureza quase não foi tocada pelo homem. Lugares como Prainha, a Ilha dos Lençóis Maranhenses, Ilha de Guajerutiua, Ilha de Porto Alegre, Ilha do Peru, Ilha do Bate Vento foram alguns dos registrados pelo artista.

“Além da fotografia, realizo outros trabalhos artísticos assim como a pintura e a escultura, costumo dizer que uso a fotografia é como pintar e esculpir. Em cada registro se tem uma história e por este motivo expomos as fotografias para que o público crie suas próprias percepções sobre as imagens” disse Andreas Hornung.

A abertura da exposição contou com a presença de alguns visitantes e de estudantes de escolas públicas e privadas do estado. A estudante, Any Loíse Neves, do 9º ano do ensino fundamental revelou que ficou maravilhada com as fotografias principalmente as dos Lençóis Maranhenses. “As fotos me fazem ter orgulho do nosso estado, as suas belezas naturais me chamam a atenção de uma maneira que me deixam maravilhada por viver em um estado tão rico e lindo”.

A diretora do Museu Histórico e Artístico do Maranhão, Carollina Ramos, relatou que a exposição Sui Generis: Exposição em Movimento trará maior visibilidade ao museu, pois retrata verdadeira realidade do povo maranhense. “ Além da exposição de fotografia o visitante também pode conhecer  as instalações do museu, que possui uma exposição fixa” , afirma Carollina Ramos.