Governo realiza Encontro de Conselheiros Municipais da Mulher

[rrssb buttons="whatsapp, facebook, linkedin, twitter, gplus, email"]
Encontro de conselheiros serviu para discutir as políticas públicas voltadas para as mulheres. Foto: Divulgação

Encontro de conselheiros serviu para discutir as políticas públicas voltadas para as mulheres. Foto: Divulgação

Fortalecer a participação da população na formulação e implementação de políticas públicas, estabelecer uma sociedade na qual a cidadania deixe de ser apenas um direito, mas uma realidade. Estes são alguns dos objetivos dos conselhos municipais.

Os conselhos são o principal canal de participação popular que reúnem estado, municípios e sociedade civil, para formular e executar políticas setoriais. Para discutir as políticas para as mulheres, a Secretaria de Estado da Mulher juntamente com o Conselho Estadual da Mulher realizou esta semana na Escola de Governo (EGMA), o primeiro Encontro de Conselheiros Municipais da Mulher desta gestão. O encontro também serviu de capacitação sobre a importância do papel do conselheiro nas políticas públicas dos municípios.

“O desafio para a sociedade civil é o de fortalecer a sua participação para fortalecer os conselhos por isso estamos aqui orientando cada conselheiro”, disse a Secretária Adjunta da Mulher, Susan Lucena.

“A reunião foi muito rica para esclarecer as dúvidas sobre nosso papel dentro dos conselhos como sociedade civil, juntas podemos pensar e buscar nossos direitos”, disse Irilene Silva Alcântara, conselheira estadual, representando a sociedade civil pelo comitê Ação e Cidadania.

Durante todo dia, a Assessoria de Planejamento da SEMU, repassou as orientações aos Conselhos Municipais sobre a importância da gestão dos conselhos, do controle social, do planejamento , da organização e discussão das conferências municipais e para que as políticas públicas estejam em consonância com a Secretaria da Mulher.

Todo esse trabalho tem como objetivo sensibilizar os gestores municipais da necessidade de fortalecer as políticas para as mulheres colocado no organograma dos municípios uma coordenação ou uma secretaria da mulher para que as políticas públicas cheguem a todo o estado.

Outra sugestão dada durante a reunião foi da realização nos municípios da Conferência das Meninas. Uma pesquisa realizada pela Plan, mostrou um “vazio” de políticas públicas voltadas para meninas e jovens entre 15 e 21 anos. A conferência surge como espaço de fortalecimento político e pedagógico de expressão e escuta das reivindicações vindas das vivências das meninas em seus municípios, comunidades e grupos/organizações. O Maranhão será pioneiro na realização da Conferência das Meninas e quer levar para a Conferência Nacional as reivindicações das meninas. A Conferência Estadual será realizada nos dias 11, 12 e 13 de novembro, já a Conferência das Meninas será no dia 10 de novembro.

“Esse primeiro encontro reuniu vários conselhos, várias conselheiras dos mais diversos municípios do estado do Maranhão garantindo então um processo participativo colegiado na condução das políticas públicas do Governo do Estado do Maranhão de acordo com orientação do Governador Flávio Dino que nos coloca a necessidade permanente de estar fazendo uma gestão participativa, popular com referência no desenvolvimento dos locais e dos municípios”, disse a Secretária de Estado da Mulher, Laurinda Pinto.

Participaram deste primeiro encontro 60 conselheiras municipais de diversos municípios do estado. Esta semana a Secretária de Estado da Mulher está percorrendo alguns municípios para participar da abertura das conferências municipais, que começaram dia 26 em Chapadinha e dia 28 Caxias em Caxias.