Governo amplia debate e promove ações formativas sobre o processo de eleição de gestores de escolas

[rrssb buttons="whatsapp, facebook, linkedin, twitter, gplus, email"]

Com intuito de ampliar o debate e garantir a participação democrática de toda a sociedade, entidades de classe, órgãos gestores e a comunidade escolar em ações formativas durante o processo seletivo democrático para escolha do cargo de gestor/diretor-geral e gestor-auxiliar/diretor-adjunto das Unidades de Ensino na Rede Pública Estadual, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) está promovendo uma de série atividades com foco na gestão escolar.

O objetivo é garantir que gestores em exercício, candidatos a gestores, professores, supervisores, estudantes, pais e responsáveis participem do novo momento de debates. A Seduc também busca viabilizar a participação das universidades bem como ampliar e fortalecer os canais de debate sobre o processo.

“Por constituir-se como uma ação de grande abrangência nos aspectos estruturais, administrativos e político-pedagógicos, a eleição de gestores exige mobilização, participação e articulação efetiva da Seduc, dos gestores das Unidades Regionais (UREs), dos estudantes e demais profissionais da educação, no sentido de alinhar um trabalho compartilhado e articulado, sustentado pelas bases da ética, da justiça, da transparência, da participação e da garantia pela qualidade da educação pública, explicitamente registrados na macropolítica educacional do governo Flávio Dino”, enfatizou a Secretária de Estado da Educação, Áurea Prazeres.

Até o mês de novembro serão realizados seminários e videoconferências nas Unidades Regionais de Educação, envolvendo os gestores, professores e estudantes, com temáticas relacionadas ao processo de gestão escolar, na perspectiva de consolidar a efetividade e transparência do processo de eleição. Essa discussão contará com a participação da Secretaria de Estado da Juventude (Sejuv), Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) e Grêmios Estudantis.

O cronograma de atividades, visando ampliar o debate e garantir a participação democrática de toda a sociedade no processo seletivo de gestão escolar contempla uma solicitação feita pelo Sinproesemma, ao Governo do Estado. “Sugerimos ao governo ampliar o cronograma de atividades até o final do ano, porque entendemos que o calendário estava curto para garantir o amplo e efetivo debate sobre o processo. Os requisitos do edital exigem um tempo maior para que o processo transcorra com tranquilidade”, ressaltou Júlio Pinheiro, presidente do Sinproesemma.

O Exame de Certificação, ao qual os candidatos serão submetidos após curso de formação continuada e aplicação de provas, será oferecido no mês de novembro. As eleições serão realizadas nos dias 10 e 11 dezembro.

“Estamos vivendo um momento importante para a concretização de avanços na democratização do sistema educacional da rede pública do Estado do Maranhão, logo, nosso objetivo será cumprir as metas estabelecidas no Plano Estadual de Educação. Nesse sentido, compreendemos que a eleição de gestores escolares é mais um mecanismo importante para o exercício da participação, para o aprendizado e para a formação da consciência cidadã dos nossos estudantes, e este foi um dos primeiros passos dados pelo governador Flávio Dino, ainda no dia da posse, no processo de fortalecimento da educação do Maranhão”, destacou a professora Francisca Lima Oliveira, coordenadora do processo seletivo de gestão escolar.