Governo realiza 5º Encontro Estadual do Livro Didático

[rrssb buttons="whatsapp, facebook, linkedin, twitter, gplus, email"]

Seduc-Governo-realiza-encontro-do-livro-didáticoPrestar orientações, informações e esclarecer dúvidas a respeito do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), é o objetivo do 5º Encontro Estadual do Livro Didático, promovido pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), nesta quarta-feira (17), no auditório da Escola de Governo, no bairro Areinha, em São Luís.

O encontro, que encerra nesta quinta-feira (18), reúne gestores escolares da rede estadual de ensino, gestores regionais de educação, coordenadores regionais do Programa do Livro Didático e coordenadores de polos das Unidades Regionais de Educação de São Luís.

A secretária Adjunta de Ensino da Seduc, Ilma Fátima de Jesus, destacou a importância do livro didático. “O livro didático tem papel importante em nossas escolas. Tem como finalidade subsidiar o trabalho do professor e sua escolha deve ser feita conforme o projeto político pedagógico de cada escola”, ressaltou.

Durante o encontro estão sendo abordadas questões como a apresentação do novo Sistema de Controle de Remanejamento e Reserva Técnica (Siscort); orientações adicionais e acesso; passo a passo para escolha do livro didático 2016; conhecendo o livro: sinais do livro didático e de leitura; políticas públicas dos Programas dos Livros, entre outros.

O Siscort é um sistema criado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fnde), em 2004, que permiti registrar e controlar o remanejamento e a devolução dos livros e a distribuição da Reserva Técnica, otimizando a utilização dos materiais por alunos e professores.

Paulo Santana de Oliveira, técnico do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fnde), destacou a importância do  Siscort. “Bem utilizado, o Siscort, é um sistema capaz de auxiliar para que o livro didático possa realmente chegar ao aluno e na escola que realmente precise”, frisou.

A gestora adjunta da UE Primeiro de Maio, no bairro Cidade Operária, Maria Francisca da Costa Barros, falou do processo de escolha do livro na escola. “Por meio do guia fornecido pelo MEC, temos acesso a informações de cada editora. Então reunimos com os professores por série, para então efetuar as escolhas dos livros. No começo foi difícil mais agora entendemos o quanto é importante essa escolha para o ensino aprendizado de nossos estudantes”, observou.

O evento contou com a participação da superintendente de Gestão Escolar da Seduc, Patrícia Gomes; a supervisora de Bibliotecas Escolares, Carise Fernanda Silva e a equipe de coordenação do Programa Estadual do Livro Didático, Nordson Luiz Ferreira Belo e Joacy Cruz Santos.