Parceria com a CEF assegura pagamento de benefícios em municípios do ‘Mais IDH’

    Como parte das atividades do programa ‘Mais IDH’, o secretário estadual de Trabalho e Economia Solidária, Julião Amin, reuniu na terça-feira (19), com o gerente regional da Caixa Econômica Federal no Maranhão, Ricardo Porto, para tratar de demandas referentes a melhorias para os municípios com os piores índices do estado.

    Grande parte dos municípios que integram a lista dos 30 municípios com os piores IDHs do Maranhão sofre com a falta de agências bancárias ou instituições financeiras, o que prejudica a circulação de recursos e o consequente desenvolvimento das cidades. “Em alguns casos, os beneficiários são obrigados a se deslocar centenas de quilômetros para receber os benefícios, sem contar que acabam gastando esse dinheiro nos municípios onde os saques são realizados. Cumprindo a política do governo Flávio Dino, nossa ideia é levar comodidade aos maranhenses e estimular a circulação desse dinheiro, gerando emprego, renda e riquezas nos seus municípios de origem”, afirmou o secretário.

    A ideia do acordo é que todos os benefícios federais pagos pelo Caixa Econômica Federal (Seguro Desemprego, Bolsa Família, Seguro Defeso e Folhas de Pagamento) sejam pagos nos municípios dos beneficiários.

    Outra medida conquistada através da intermediação do Governo do Estado é a qualificação dos moradores para captação de empréstimos e microcréditos oriundos da Caixa para a criação de empreendimentos, além da doação de computadores e móveis para a instalação de laboratórios de informática, incentivando a inclusão digital nestas cidades. “Queremos qualificar os moradores destes municípios para os usos das novas tecnologias, o que inclui o treinamento no uso do aplicativo da Caixa para smartphones”, destacou Julião Amin.

    Como forma de incentivar a formalização desses empreendedores, a Caixa Econômica Federal se comprometeu ainda na emissão de CPFs de forma gratuita para moradores das cidades. A ideia é que o processo de instalação dos pontos de atendimento tenha início no mês de junho. Nos dias de pagamentos a Caixa irá contar com um aumento no efetivo dos atendentes, como forma de acelerar os atendimentos.