Parceria beneficia trabalhadores da construção civil

[rrssb buttons="whatsapp, facebook, linkedin, twitter, gplus, email"]

Uma nova expectativa profissional está surgindo para os moradores do Novo Cohatrac, em São José de Ribamar, que participaram de cursos de qualificação profissional na área da construção civil. A iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Trabalho e Economia Solidária (Setres), é resultado de parceria com o Governo Federal, voltada para atender os beneficiados do Bolsa Família.
“Ao todo foram realizadas 18 turmas, uma iniciativa que está garantindo emprego e renda para muitos pais de família”, explicou o coordenador geral das turmas, Celso Borges, que também é presidente do Instituto de Capacitação Gérsyka Emmel, entidade responsável pela realização dos cursos. Ele informou que 60% das pessoas capacitadas já estão atuando no mercado de trabalho.
No sábado (11), os participantes da última turma capacitada foram diplomados. Os novos pedreiros, gesseiros, encanadores, pintores e azulejistas serão cadastrados num banco de dados da Secretaria para facilitar a inserção no mercado de trabalho.
Para Idelbrando Lima Martins, o curso está sendo muito útil na sua vida. “Estou reformando a minha casa e não preciso mais gastar contratando pedreiro, eu mesmo estou fazendo o trabalho. Essa é uma importante iniciativa, pois podemos aplicar os conhecimentos em casa e ainda temos a chance de melhorar a renda”, ressaltou.
As turmas contaram com a participação de muitas mulheres. É o caso de Leide Diana Coimbra, ela, diplomada em pedreiro, achava que seria difícil fazer o curso, mas gostou da experiência. “No início pensava que jamais iria concluir o curso, mas logo fui aprendendo e vendo que não é tão complicado assim”, destacou.
O curso integra as ações de qualificação e formação profissional de trabalhadores implementado pela Setres, que em parceria com o Governo Federal, reúne esforços e recursos para o projeto Plano Setorial de Qualificação Profissional (PlanSeq).
O planejamento para a implementação dos cursos do PlanSeq Construção Civil foi feito em parceria com o Sindicato das Indústrias na Construção Civil no Maranhão (Sinduscon). A carga horária dos cursos é de 200 horas. Durante esse período os participantes tiveram 40 horas de habilidades gerais e 160 horas de aulas práticas. Nas aulas práticas foram feitos serviços de pintura, colocação de gesso e azulejos e encanação.
Cerca de 700 trabalhadores e trabalhadoras já estão com o diploma dos cursos profissionalizantes em mãos. Somente pelo Instituto de Capacitação Gersyka Emmel foram formadas 360 pessoas.